Prefeitura de Fortaleza deve realizar concurso público para profissionais da área de saúde mental em 2018 – Artigo de opinião

Concurso público

Anúncios

Matéria do Diário do Nordeste informa que em audiência pública ocorrida hoje, na sede do Ministério Público do Estado do Ceará, a secretária Municipal de Saúde, Joana Maciel, afirmou que a Prefeitura de Fortaleza vem investindo na área da saúde mental e que prevê a realização de um concurso público para profissionais da área em 2018.

A secretária afirma que a Prefeitura irá trabalhar com cooperativas de psiquiatria e que seguem convocando profissionais da última seleção pública (psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, enfermeiros) para atender outras demandas.

Sabe-se, no entanto, que este modelo de seleção citado apresenta irregularidades além de subvalorizar os profissionais. A possibilidade de gozar férias remuneradas, por exemplo, não é possível. Já abordei a questão em outros posts (acesse).

Isabel Porto, promotora de Justiça da Defesa da Saúde Pública, fala na elaboração de um Termo de Ajustamento de Conduta e sobre a tentativa de reconstruir a rede de saúde mental de Fortaleza que é apontada como possuindo má estrutura física e falta de profissionais.

Apesar de, pessoalmente, considerar que a promotora Isabel Porto possui uma certa limitação no que se refere a sua visão sobre a Rede de Atenção à Saúde Mental do município, é importante ressaltar o seu trabalho em prol da saúde pública. Pesquisando por seu nome, encontrei uma matéria, de 2011, que traz a promotora chorando ao falar sobre a condição da saúde no município e sobre o seu desgaste na tratativa do tema: acesse aqui.

Apesar das graves e gigantescas falhas na rede de atenção à saúde mental, vale ressaltar também as grandes potencialidades, principalmente quando se observa a iniciativa pessoal e o engajamento de alguns profissionais, que, apesar das limitações, seguem fazendo um ótimo trabalho enquanto especialistas e enquanto seres políticos em prol da saúde mental.

Dr. Rafael Baquit, amigo e um grande psiquiatra, é um desses exemplos de profissionais que apesar das adversidades desempenha um papel incrível na rede, principalmente no campo das questões ligadas às políticas de redução de danos. Silvana Pacheco, grande psicóloga e amiga, também é um nome de que recordo com grande carinho e admiração pelo trabalho que desempenha, por muito tempo, na esfera do tratamento do tabagismo. Foi o contato mais próximo com profissionais desse porte que me faz ainda seguir acreditando nos potenciais da rede.

Acesse aqui a matéria.


www.brunosampaiopsi.com.br

Anúncios
Anúncios

Horário e informações

1-202-555-1212
Almoço: 11:00 às 14:00
Jantar: Segunda a quinta, de 17:00 às 23:00, sexta a sábado, de 17:00 à 01:00