Especial setembro amarelo: O furacão Irma e os riscos de suicídio. Saiba mais!

cenário de furacão
Anúncios

Reportagem do portal BBC indica que pelo menos 20 sobreviventes de um grande incêndio ocorrido em Londres, em junho deste ano, relataram tentativas de suicídio nos últimos meses. O dado foi informado pela fundadora de um programa que presta assistência às vítimas, Yvette Greenway.

Ainda segundo Greenway, muitos sobreviventes não conseguem “tirar a imagem da torre em chamas de suas mentes”, fazem uso abusivo de álcool e drogas e se sentem isolados. O incêndio em questão vitimou 79 pessoas de um prédio habitacional londrino e constituiu uma grave ameaça de morte aos sobreviventes.

Ao todo, há o registro de transtorno de estresse pós-traumático, TEPT, em pelo menos 330 pessoas, segundo a reportagem.

Qual a relação entre o incêndio em Londres e o furacão Irma?

Apesar de se tratar de um desastre de outra ordem (natural), o furacão Irma também constituiu imenso potencial traumático: vitimou dezenas de pessoas, feriu centenas e ameaçou diretamente a vida de parte considerável da população dos países pelos quais passou.

Em outras palavras, o desastre natural, um dos maiores da história, também pode trazer repercussões diretas na saúde mental dos sobreviventes e deflagrar TEPT em parte da população.

O que é o TEPT?

O transtorno de estresse pós-traumático já foi citado neste blog e consiste, basicamente, na vivência de alguns dos sintomas abaixo, apontados pelo manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais, DSM V:

  • Exposição a um episódio concreto de ameaça de morte, lesão grave ou violência sexual. A exposição pode ser tanto vivida quanto presenciada.
  • Lembranças do evento traumático que podem sempre retornar e trazer intensa angústia;
  • Sonhos recorrentes relacionados ao episódio traumático;
  • Sofrimento intenso diante de situações que, de alguma forma, possam se assemelhar ao evento traumático e até a vivência de flashbacks. Flashbacks são episódios nos quais os indivíduos se sentem (inclusive apresentam os mesmos sintomas) e agem como se o evento traumático estivesse acontecendo naquele momento.
  • Desejo de se evitar, a todo custo, se recordar do episódio ou de estímulos que remetam ao episódio traumático.
  • Pode haver alterações no juízo de valor atribuído ao que foi vivido. Por exemplo, é possível que a pessoa, ainda que não tenha culpa alguma, tome para si a culpa do evento e se sinta a causadora de tudo.
  • Há a possibilidade prejuízo no relacionamento com familiares e amigos, prejuízos no campo do trabalho, dentre outros.

Muito se falou sobre eventos traumáticos. Do que se tratam?

Por eventos traumáticos podem-se entender grandes desastres naturais, exposição à guerra, ameaça ou a ocorrência real de agressão física, tais como assaltos, furtos, agressões sexuais, sequestros, tortura, ataques terroristas, grandes acidentes, dentre outros.

Os eventos traumáticos podem deixar marcas bem significativas nas vidas das pessoas, a ponto de, em alguns casos, qualquer sinal que se assemelhe ao que foi vivido seja o suficiente para que elas revivam tudo novamente. Por exemplo: para os sujeitos que sobreviveram ao furacão Irma, um dia ventoso poderá fazê-los reviverem as mesmas sensações que sentiram durante a passagem do furacão.

Outros dados sobre o TEPT:

  • Indivíduos diagnosticadas com TEPT podem estar mais suscetíveis à irritação, comportamentos imprudentes e/ou autodestrutivos, envolvimento em brigas e discussões, direção perigosa e até mesmo comportamento suicida.
  • As taxas de transtorno de estresse pós-traumático podem ser particularmente encontradas, em maiores níveis, entre as profissões que aumentam o risco de exposição traumática, tais como policiais, bombeiros, socorristas e médicos.
  • O TEPT está associado à ideação suicida e a tentativa de suicídio.
  • Pessoas com Transtorno de estresse pós-traumático têm até 80% de chances a mais de serem diagnosticadas com algum transtorno mental: transtorno bipolar, transtorno de ansiedade e uso problermático de substâncias. Todos estes diagnósticos possuem relação com o aumento ideação e tentativs de suicídio.

www.brunosampaiopsi.com.br

Anúncios
Anúncios

Horário e informações

1-202-555-1212
Almoço: 11:00 às 14:00
Jantar: Segunda a quinta, de 17:00 às 23:00, sexta a sábado, de 17:00 à 01:00