Fortnite: cinco jogadores que já foram banidos do Battle Royale | Atletas

0
97


Fortnite cresceu consideravelmente desde seu lançamento em 2017, e recentemente, o Battle Royale se tornou o terceiro jogo que distribui mais dinheiro em premiações de torneios nos esports, segundo o portal Esports Earnings. Com o sucesso, a preocupação em tornar o cenário competitivo do game mais justo é ainda maior. Para manter o controle de seus jogadores, a Epic Games apresentou diversos casos de banimentos e suspensões no ano de 2019, provando a determinação em punir aqueles que vão contra as regras estabelecidas no jogo. Confira, a seguir, cinco jogadores que foram banidos de Fortnite.

Brasileirão de Fortnite dará R$ 300 mil em prêmios; veja como participar

Trapaças, programas ilegais e criações de contas smurfs estão entre as razões dos banimentos que mais se destacaram no ano — Foto: Divulgação/Epic GamesTrapaças, programas ilegais e criações de contas smurfs estão entre as razões dos banimentos que mais se destacaram no ano — Foto: Divulgação/Epic Games

Trapaças, programas ilegais e criações de contas smurfs estão entre as razões dos banimentos que mais se destacaram no ano — Foto: Divulgação/Epic Games

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Um dos casos mais recentes foi o de Jarvis “Jarvis” Khattri. O jogador da FaZe Clan foi banido permanentemente do Fortnite após divulgar vários vídeos em seu canal no YouTube utilizando aimbots, um hack de precisão de mira. Jarvis publicou um vídeo de desculpas em seu canal e explicou que não tinha má intenções com a divulgação do vídeo, apenas o intuito de levar um conteúdo diferente para seus seguidores. O caso acendeu uma discussão na comunidade do jogo, onde um lado concorda com a punição e o outro acredita que o banimento eterno foi exagerado.

Jarvis chorou ao falar a respeito do banimento eterno que recebeu no Fortnite — Foto: Reprodução/Jarvis YoutubeJarvis chorou ao falar a respeito do banimento eterno que recebeu no Fortnite — Foto: Reprodução/Jarvis Youtube

Jarvis chorou ao falar a respeito do banimento eterno que recebeu no Fortnite — Foto: Reprodução/Jarvis Youtube

Jonathan “JonnyK” Kosmala

Muitos casos de trapaça aconteceram durante as qualificatórias para a Fortnite World Cup 2019. A ganância levou jogadores a usarem hacks para conseguir uma vaga no mundial, mas alguns deles foram descobertos. Foi o caso de Jonathan “JonnyK” Kosmala, que foi pego comprando programas ilegais para utilizar nas qualificatórias em abril. Os programas em questão faziam com que o jogador pudesse enxergar seus adversários atrás de qualquer tipo de estrutura. Com isso, JonnyK foi demitido da Team Kaliber e teve sua conta no Fortnite permanentemente banida.

JonnyK foi um dos trapaceiros pegos durante as qualificatórias online da Fortnite World Cup 2019 — Foto: Divulgação/Epic GamesJonnyK foi um dos trapaceiros pegos durante as qualificatórias online da Fortnite World Cup 2019 — Foto: Divulgação/Epic Games

JonnyK foi um dos trapaceiros pegos durante as qualificatórias online da Fortnite World Cup 2019 — Foto: Divulgação/Epic Games

O caso do jogador Damion “XXiF” C ficou famoso na comunidade de Fortnite. No começo de maio, durante qualificatórias para a o mundial, ele foi descoberto recebendo ajuda de outros jogadores, que incluía ganhar itens e abates pelo mapa. A trapaça rendeu a XXiF um banimento de 14 dias das qualificatórias e a perda de todas as premiações que havia recebido até então. No entanto, a suspensão não o impediu de se classificar para a Fortnite World Cup na categoria duplas. Isso gerou polêmica entre os fãs do jogo, que consideravam injusto um trapaceiro disputar a competição após cometer a infração. O jogador acabou sendo vaiado durante a World Cup e teve suas derrotas comemoradas pela plateia.

Ronald “Ronaldo” Mach

Na polêmica que envolveu XXiF, ele não foi o único a receber uma suspensão. Seus amigos também receberam a mesma punição de 14 dias após ajudarem ele na trapaça. Entre eles, estava Ronald “Ronaldo” Mach, que ganhou os holofotes por ter se classificado como dupla de XXiF para a Fortnite World Cup. Ele ainda afirmou, após a classificação para o mundial, que a punição havia sido injusta e que nunca houve qualquer tentativa de trapaça por parte dele e de seus amigos. No mundial, Ronaldo também não foi poupado das vaias da plateia.

Ter dois trapaceiros na Fortnite World Cup fez a comunidade reagir de forma bastante negativa — Foto: Divulgação/Epic GamesTer dois trapaceiros na Fortnite World Cup fez a comunidade reagir de forma bastante negativa — Foto: Divulgação/Epic Games

Ter dois trapaceiros na Fortnite World Cup fez a comunidade reagir de forma bastante negativa — Foto: Divulgação/Epic Games

O ato de criar uma conta smurf, uma segunda conta de nível mais baixo que a conta principal, também é proibido em Fortnite. Um caso que ficou bastante conhecido foi o de Aydan “Aydan” Conrad. O jogador profissional foi banido por um dia após fazer uma transmissão enquanto jogava em uma conta smurf com seus inscritos. Por ser um jogador experiente em torneios do Battle Royale, Aydan vencia suas partidas sem dificuldades, visto que seus adversários em grande maioria eram de níveis abaixo do dele. A mensagem do banimento chegou durante sua transmissão, mas o jogador pouco se importou e até riu ao receber a notícia.

Embora a prática seja proibida, Aydan não se abateu ao ser banido ao vivo em sua conta smurf de Fortnite — Foto: Reprodução/Twitch AydanEmbora a prática seja proibida, Aydan não se abateu ao ser banido ao vivo em sua conta smurf de Fortnite — Foto: Reprodução/Twitch Aydan

Embora a prática seja proibida, Aydan não se abateu ao ser banido ao vivo em sua conta smurf de Fortnite — Foto: Reprodução/Twitch Aydan



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here