Pais afirmam ter filhos viciados no jogo e querem processar Epic Games

0
70


Foto: Epic Games/Reprodução

Foto: Epic Games/Reprodução

No Canadá, pais estão alegando que seus filhos são viciados em Fortnite. Por esse motivo, eles querem abrir um processo coletivo contra a Epic Games, desenvolvedora do game battle royale.

Leia mais:

A ação coletiva será aberta por pais que alegam que seus filhos de 10 e 15 anos são dependentes do jogo. De acordo com os documentos do processo, a família alega que o filho mais novo joga Fortnite desde dezembro de 2018, já participou de aproximadamente 1,8 mil partidas e fica frustrado quando os pais não o deixam jogar.

Segundo o processo, o filho de 15 anos já participou de 7,7 mil partidas de Fortnite e joga todos os dias por três horas. De acordo com a advogada Alessandra Esposito Chartrand, a Epic Games precisa informar que seu jogo pode causar dependência assim como embalagens de cigarro contém avisos sobre os riscos que o ato de fumar pode gerar.

De acordo com o site City News, o Tribunal Superior de Quebec não aprovou a ação.

Para melhorar sua jogatina em Fortnite, veja o vídeo acima com dicas de Tom Toledo, primeiro jogador brasileiro contratado por uma organização norte-americana, no caso, a SoaR Gaming.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias – Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.





Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here