Exame Informática | Depois de Oumuamua, vamos ser “visitados” por outro objeto interestelar


Depois do Oumuamua, é a vez do cometa C/2019 QA estar a preparar-se para nos “visitar”. O cometa, originário de fora do Sistema Solar, foi detetado a 30 de agosto por Gennady Borisov, do Observatório Astrofísico da Crimeia. O objeto foi, desde então, visto em vários observatórios.

O cometa está numa trajetória hiperbólica, não estando na órbita do Sol.

Os investigadores estão certos de que o cometa está a viajar pelo nosso Sistema Solar, mas «precisamos de mais alguns dias para realmente aferir a sua origem com mais observações que irão, ou provar a tese corrente de que é interstelar ou apontar numa direção completamente diferente», disse Marco Micheli, do Centro de Coordenação de Objetos da Agência Espacial Europeia.

Nas próximas semanas, o Sol vai estar a bloquear as nossas possibilidades de observações de qualidade, mas espera-se que outubro seja um mês em que se começa a aprender mais sobre o cometa, noticia a Cnet.

Estima-se que a passagem mais próxima do Sol deste cometa aconteça em dezembro.



Source link

You May Also Like

About the Author: Marisa Ferreira

Pioneiro profissional zumbi. Especialista em internet incurável. Praticante de TV. Comunicador.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *