as vantagens e desvantagens do Apple Watch de titânio – MacMagazine.com.br


O Apple Watch Series 5 pode não ter lá graaandes novidades em relação ao seu antecessor, mas ao menos os consumidores — mais abastados, pelo menos — terão a possibilidade de escolher um novo material para a caixa do reloginho: o titânio, que se junta ao alumínio, ao aço inoxidável e à cerâmica (que tinha sumido na geração anterior) como acabamentos possíveis.

Sendo o único material inédito da nova geração, fica a pergunta: quais são, afinal, as vantagens e desvantagens do titânio em relação aos demais acabamentos do Apple Watch? São essas perguntas que responderemos a seguir.

Mais leve

O titânio é classificado com o metal de melhor razão leveza/resistência, isto é, o que oferece a maior durabilidade em relação ao seu peso. Como veremos a seguir, ele é mais pesado que o alumínio, porém muito mais resistente.

Confiram, abaixo, o peso de cada modelo do Apple Watch Series 5:

  • Alumínio 40mm: 30,8g
  • Alumínio 44mm: 36,5g
  • Aço inox 40mm: 40,6g
  • Aço inox 44mm: 47,8g
  • Titânio 40mm: 35,1g
  • Titânio 44mm: 41,7g
  • Cerâmica 40mm: 39,7g
  • Cerâmica 44mm: 46,7g

É importante notar que a Apple cometeu um erro, inicialmente, ao divulgar as vantagens da versão de titânio do Apple Watch. A empresa afirmou que o modelo era 45% mais leve em relação aos relógios de aço inoxidável, o que obviamente não é verdade — essa relação vale para a densidade dos próprios materiais, mas não para o relógio como um todo, que, claro, é composto de várias outras peças e componentes.

Apple Watch Series 5 de titânio

Portanto, sim o Apple Watch de titânio é mais leve que o de aço inox, mas não chega a ter uma diferença considerável de peso — é uma vantagem de aproximadamente 13%. Se isso há de se traduzir numa sensação real no pulso, só o uso diário dirá.

Mais resistente

Aqui é que o titânio deverá brilhar: o material é significativamente mais resistente que seus pares, conseguindo resistir a danos superficiais (como riscos, marcas e amassados) com mais competência que o alumínio e o aço inox — e, ao mesmo tempo, sem a suscetibilidade a quebras e rachaduras da cerâmica.

Uma das vantagens imediatas do Apple Watch de titânio em relação ao aço inox (que é seu “concorrente” direto, por ambos estarem em faixas de preço bem próximas) é o acabamento escovado, que naturalmente já disfarça muito melhor pequenos riscos e abrasões que são obtidos naturalmente com o uso. O titânio também é muito mais resistente a corrosão.

A Apple oferece duas versões do Apple Watch em titânio: uma delas tem acabamento natural, na cor verdadeira do metal, e a Maçã afirma que desenvolveu para ela um revestimento especial o qual previne que o material fique amarelado, manchado ou com marcas de digitais. A outra, chamada de “space black”, tem acabamento em DLC (carbono tipo diamante), que também oferece o mesmo tipo de durabilidade.

Mais caro

Na “escadinha” de preços do Apple Watch, as versões de titânio só ficam abaixo dos modelos de cerâmica. Considerando os modelos de 40mm, os reloginhos partem de US$800, US$100 a mais que os modelos de aço inox — todos já contam com conectividade celular, já que apenas os modelos mais baratos, de alumínio, podem vir sem essa opção.

Sem opções extras

Se para você o Apple Watch tem que ter acabamento dourado, desista do modelo de titânio: apenas a versão de aço inoxidável traz essa opção — até porque certamente um relógio de titânio dourado ficaria um tanto quanto esquisito.

Da mesma forma, a Apple não oferece nenhuma versão do Apple Watch Hermès em titânio (ou cerâmica, ou alumínio) — ou seja, se você é fã da marca, também terá de permanecer no aço inox.


Dito tudo isso, qual seria a sua escolha? Deixe suas opiniões logo abaixo.





Source link

You May Also Like

About the Author: Marisa Ferreira

Pioneiro profissional zumbi. Especialista em internet incurável. Praticante de TV. Comunicador.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *