Nokia não acaba com atualizações do Android e garante 1 ano de segurança


Um dos problemas reconhecido no Android é a curta vida de atualizações dos smartphones. A Google só garante 3 anos de novas versões nos seus equipamentos e outras marcas nem isso conseguem garantir.

A Nokia, que sempre prometeu manter os seus equipamentos atualizados, revelou agora uma excelente novidade. Para além dos 2 anos de atualizações, garante agora mais 1 ano de correções de segurança.

Nokia Android atualizações segurança Google

Nokia quer mais 1 ano de atualizações

Foi no MWC de 2017 que a Nokia apresentou as suas primeiras propostas no mundo do Android. Estes 3 smartphones receberam a promessa de 2 anos de atualizações, sempre com novas versões do Android. A marca tem mantido o seu compromisso, com versões quase próximas do original do Android.

A marca quer garantir que os seus equipamentos mantêm este estatuto e, por isso, tem novidades importantes. Quer garantir que o Nokia 3, 5, 6 e 8 são mantidos atualizados e sem problemas de segurança. Para isso comprometeu-se a manter por mais 1 ano as atualizações trimestrais de segurança.

Nokia Android atualizações segurança Google

O calendários das novas atualizações

Assim, e no que toca a atualizações de segurança, os primeiros smartphones da Nokia vão ter este cronograma. Todos os 4 primeiros smartphones da marca vão ter atualizações trimestrais de segurança a começar em setembro de 2019 e a acabar em setembro de 2020.

Claro que há contudo algumas exceções a este novo calendário de correções de segurança. Nos mercados americano e indiano, o Nokia 6 não vai ter estas atualizações. Também o Nokia 2, lançado pouco depois, está explicitamente fora de qualquer alargamento de atualizações da marca. Neste caso o suporte termina em novembro de 2019.

Nokia Android atualizações segurança Google

A Google e o Android agradecem esta medida única

A Nokia garante assim que os seus equipamentos ficam assim com as atualizações garantidas. Não são de novas versões do Android, mas garantem que os problemas de segurança que vão surgir estão cobertos. É um extra que a marca quer dar e que eventualmente satisfaz os seus utilizadores.

Este é um passo que a Google quer que os fabricantes sigam e que cada vez mais parece acontecer. As marcas devem garantir que os seus smartphones estão protegidos e com as necessárias melhorias de segurança aplicadas. Infelizmente as marcas insistem em abandonar os seus equipamentos e avançar para os novos, que querem vender aos clientes.





Source link

You May Also Like

About the Author: Marisa Ferreira

Pioneiro profissional zumbi. Especialista em internet incurável. Praticante de TV. Comunicador.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *