“iPhone 11”, “11 Pro” e “11 Pro Max”? Rumores sobre nomes, design e baterias dos próximos modelos são divulgados – MacMagazine.com.br


Cá estamos novamente discutindo as inúmeras possibilidades para a próxima geração de iPhones, os quais deverão ser apresentados em um evento especial da Apple no dia 10 de setembro — e dessa vez os boatos são “quentes”.

Nomes

Em primeiro lugar, a ESR, uma empresa que vende diversas cases para iPhones, apostou que os próximos smartphones da Maçã deverão se chamar “iPhone 11” (sucessor do XR), “iPhone 11 Pro” (sucessor do XS) e “iPhone 11 Pro Max” (sucessor do XS Max). As informações são do site francês iPhoneSoft [Google Tradutor].

Tabela com os possíveis nomes dos próximos iPhones

Essa não é a primeira vez na qual espera-se o uso do sufixo “Pro” em iPhones; agora, porém, ainda mais fornecedoras de acessórios para iGadgets concordam com a possibilidade. Isso não significa que essas empresas estejam certas sobre o nome comercial dos próximos aparelhos, mas certamente é um indício forte nesse momento levando em contra outros rumores.

Além disso, por mais “esdrúxulas” que tais possíveis nomenclaturas (principalmente a do modelo de 6,5 polegadas) possam parecer, existem alguns motivos que nos fazem a suposição: o sufixo “Pro” está presente em outros produtos da Apple, como o MacBook Pro e o iPad Pro — nesses casos, o termo indica a versão topo-de-linha daquele segmento, o que também faria todo o sentido para os modelos flagships do iPhone.

Cores

Um suposto funcionário da Foxconn também divulgou hoje alguns detalhes acerca dos próximos iPhones com base em um email vazado da maior fornecedora da Maçã. De acordo com ele, a companhia adicionará uma nova opção de cor à linha do sucessor do iPhone XR, o sugerido “iPhone 11”.

Render das possíveis novas cores do iPhone XR

Segundo o informante, que divulgou os rumores no Slashleaks, a nova cor seria um novo tom de verde. Tal possibilidade também foi levantada pelo blog japonês Macotakara, que sugeriu que a Apple substituirá as versões coral e azul do iPhone XR pelas cores verde e lavanda no modelo sucessor do dispositivo.

É sempre bom ressaltar que não devemos levar nenhum rumor ao pé da letra. Às vezes, a Apple realmente pode modificar algo nas cores ou no design dos seus projetos, mas não necessariamente isso é levado à frente e sendo lançado.

Design

Por falar em design, o tal funcionário da Foxconn também compartilhou algumas suposições acerca do visual dos novos iPhones. Entre eles, é esperado que o vidro traseiro desses gadgets tenham uma aparência fosca, diferentemente dos modelos atuais. Esse rumor vai ao encontro do que o analista Ming-Chi Kuo supôs sobre os próximos aparelhos no começo deste ano, e pode ser que isso divida (e muito) a opinião dos usuários.

Render de suposto iPhone de 2019 por OnLeaks

Curiosamente, o “vazamento” também sugere que a marca “iPhone” será removida da parte traseira dos dispositivos. Caso esse rumor tome corpo, essa seria a primeira vez que a Apple abandonaria a marca no design do dispositivo — o que ela já removeu foram as siglas e informações técnicas da parte de trás.

Quanto à parte frontal, o design deste ano deverá ser praticamente o mesmo dos iPhones atuais, incluindo o recorte frontal (notch). No entanto, devido a famigerada remoção do 3D Touch (e do atual modelo do Taptic Engine), espera-se que o display seja um pouco mais fino.

Bateria

O relatório também cita uma alteração na capacidade das baterias dos próximos iPhones, especialmente no modelo de 6,5 polegadas. Assim, especula-se que o “iPhone 11 Pro Max” tenha um componente de 3.969 mAh (contra 3.174 mAh do iPhone XS Max).

Desmonte da iFixit dos novos iPhones XS e XS Max
Olhando com atenção, é possível ver o entalhe no vértice interno da bateria do XS.

Ainda que isso possa indicar um aumento no tempo útil de bateria, não é possível confirmar essa suposição já que isso dependerá de outros quesitos envolvendo possíveis novidades no hardware e até mesmo no software dos aparelhos.

·   •   ·

No mais, o funcionário da Foxconn endossou que os novos iPhones continuarão adotando o padrão Lightning e manterá as mesmas opções de armazenamento interno (64GB, 256GB e 512GB) — nada de leitor biométrico de digitais sob a tela neste ano, não.

O fato é que estamos nos aproximando da hora de ver o que realmente será verdade e o que ficará no plano teórico. Já fizeram as suas apostas?

via 9to5Mac, AppleInsider





Source link

You May Also Like

About the Author: Marisa Ferreira

Pioneiro profissional zumbi. Especialista em internet incurável. Praticante de TV. Comunicador.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *