AMD Ryzen 3000 estão a apresentar problemas em Linux e Windows


Os novos processadores da AMD foram lançados oficialmente na última semana, e utilizadores de Linux e Windows já estão a enfrentar problemas. No caso do Linux, os processadores Ryzen 3000 não estão a arrancar nas versões 5.0 ou superiores do sistema operativo.

Alguns dos utilizadores conseguiram já resolver o problema, voltando a uma versão mais antiga do SO. No Windows, vários jogadores não estão a conseguir jogar Destiny 2 com o novo processador.

Nos últimos dias, foi notado por vários jogadores que o referido jogo não arranca em sistemas equipados com o novo processador, e reportaram o problema à Bungie – produtora do jogo.

AMD já está a trabalhar na resolução destes problemas

A AMD já veio a público esclarecer que implementou uma correção na BIOS, e já está a distribui-la juntos dos fabricantes de motherboards. No entanto, o consumidor comum ainda terá de esperar alguns dias para que esta correção chegue aos sistemas Windows e Linux.

O comunicado da AMD

A AMD identificou a fonte do problema e implementou uma correção na BIOS, para um problema que impedia o arranque de certas versões do Linux e do Destiny 2 nos processadores Ryzen 3000.

Nós distribuímos uma atualização da BIOS junto dos nossos parceiros de motherboards, e esperamos que os consumidores tenham acesso à nova BIOS nos próximos dias.

A Nvidia deve entretanto lançar uma correção para um problema de “convívio” entre as suas placas gráficas e os novos Ryzen 3000 da AMD. Isto porque sistemas com ambos os componentes estão a apresentar algumas falhas de “ecrã azul da morte”.

Editores 4gnews recomendam:



Source link

You May Also Like

About the Author: Marisa Ferreira

Pioneiro profissional zumbi. Especialista em internet incurável. Praticante de TV. Comunicador.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *