Facebook agora mostra onde os anunciantes obtêm seus dados


Crédito: Justin Sullivan/Getty

A próxima vez que você vir anúncios no Facebook para, digamos, pílulas para disfunção erétil ou congelamento de óvulos, você poderá verificar por que você foi alvo dessas marcas e onde as empresas coletaram seus dados.

Na quinta-feira (11), o Facebook anunciou que está atualizando suas preferências de anúncio e as ferramentas “Por que estou vendo este anúncio?”, que foram introduzidas pela primeira vez há quatro anos. As alterações ajudarão os usuários a encontrar mais informações sobre por que estão vendo os anúncios que a plataforma oferece a eles. Esse é o esforço mais recente da empresa para fornecer alguma transparência depois que o escândalo de coleta de dados da Cambridge Analytica no ano passado revelou ao público como o Facebook tem sido imprudente com os dados privados dos usuários.

Para ver por que uma marca quer que você veja um anúncio, basta clicar no ícone de reticências no canto superior direito de um anúncio e clicar em “Por que estou vendo este anúncio?” para saber como você se encaixa no perfil que a empresa está segmentando.

Conforme o Facebook afirma em seu post sobre os novos recursos, no passado, essa ferramenta mostrava apenas um ou dois motivos pelos quais um usuário era segmentado – por exemplo, se ele pertencia a determinado grupo demográfico ou visitou um site relevante. Mas o Facebook alega que agora os usuários podem ver mais detalhes, como o site específico que visitaram ou a página do Facebook que curtiram. A ferramenta também direciona os usuários para uma página na qual eles podem gerenciar suas preferências de anúncios.

Mas talvez um dos recursos mais interessantes entre as novidades anunciadas esteja na ferramenta de Preferências de Anúncios, em que os usuários agora podem ver quais intermediários de dados de terceiros compartilham listas que contêm suas informações pessoais.

Para verificar isso, os usuários podem clicar em “Anunciantes e Empresas” na página Preferências de Anúncios, e então visualizar uma lista de “quem carregou e compartilhou uma lista com suas informações” nos últimos três meses e “quem carregou uma lista com suas informações e fizeram anúncios para ela” na última semana.

Eu verifiquei essas informações fornecidas em minha conta e reconheci apenas alguns dos muitos intermediários de dados de terceiros que compartilharam minhas informações. Muitos deles eram empresas de marketing. No caso de uma das empresas, eu não consegui encontrar nenhuma informação sobre elas depois de pesquisar no Google, o que é meio assustador.

Embora esses recursos ofereçam aos usuários um pouco mais de controle e consciência de como seus dados estão sendo compartilhados, isso provavelmente não vai mudar muito a experiência do usuário. Mas verificar as informações é um bom lembrete de por que excluir sua conta do Facebook pode ser uma boa ideia.



Source link

You May Also Like

About the Author: Marisa Ferreira

Pioneiro profissional zumbi. Especialista em internet incurável. Praticante de TV. Comunicador.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *