Asteroide a caminho da Terra revela cumprimento de profecia em 2019


Atualmente, profecias de catástrofes naturais e desastres caminhando em direção a Terra tem surgido com cada vez mais frequência por parte de profetas. Recentemente, anda circulando nas redes sociais e dentro das congregações a profecia de uma grande catástrofe natural a nível mundial, com direito a terremotos e enchentes em várias regiões do planeta. Logo, especulações por partes dos cristãos de que um possível meteoro estaria a caminho do planeta começaram a surgir. Afinal, o que mais seria capaz de causar um impacto tão grande no mundo todo?

Acerca disso, os animos dos crstão podem se aflorar ainda mais vom a presente notícia. Pois o setor de rastreamento da NASA declarou que há um asteroide de 340 metros de diâmetro e 55 milhões de toneladas está percorrendo um trajeto que vai a caminho da Terra, com uma data prevista para o dia 3 de outubro. O risco de catástrofe, isto é, a chance de atingir grande parte da crosta terrestre, é pequeno, porém, caso o asteroide saia da sua rota e consiga adentrar no planeta, sua força de destruição será igual a 2.700 megatrons. Para se ter noção acerca da capacidade destrutiva, a bomba jogada contra Hiroshima, no Japão, possuía em torno de 13 a 18 quilotrons.

Nomeado de FT3, o asteroide será o primeiro dentre as 165 aproximações aguardadas pela NASA entre 2019 e 2116. Com o passar do tempo haverá a possibilidade de avaliar se as chances de colisão aumentarão ou diminuirão. Caso conseguisse ter acesso à atmosfera terrestre, o FT3 receberia uma velocidade de 45.500 km/h, ou então de 20,37 km por segundo, mais precisamente.

O asteroide é, basicamente, uma rocha espacial, do tipo Apollo, que “caminha” ao redor do Sol dentro do cinturão entre Marte e Júpiter. A NASA tem monitorado durante algum tempo sua rota desde 2007 e afirma haver 99.9999908% de possibilidade do mesmo não atingir a Terra. Embora tenha alta chance de passar pelo planeta sem que o atinja, a agência prevê outras possibilidades de impacto nos dias 2 de outubro de 2024 e 3 de outubro de 2025.

Com potencial, no caso de haver uma mudança de rota dias antes de uma possível colisão, pouco poderia ser realizado. “Um asteroide em uma trajetória de impacto na Terra não poderia ser abatido nos últimos minutos ou mesmo horas antes do impacto”, declara a agência.

Agora, cabe a nós torcermos a fim de que o FT3 siga sua trajetória prevista.





Source link

You May Also Like

About the Author: Marisa Ferreira

Pioneiro profissional zumbi. Especialista em internet incurável. Praticante de TV. Comunicador.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *